Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Educação 10/10/2018 14:10
Por: redacao

Conferência debate a Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências

Evento ocorre na Câmara de Vereadores de Sobradinho.

  • Palestrante da Conferência. Foto: divulgação
  • Prefeito em exercício. Foto: divulgação
  • Público presente. Foto: divulgação
  • Secretária de Assistência Social. Foto: divulgação

Está em andamento nesta quarta-feira (10), na Câmara de Vereadores, a 5ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”. Pela manhã, houve abertura oficial com pronunciamento do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMDICA, Vilson Roberto Pohlmann; secretária municipal de Assistência Social, Saionara Soder e do prefeito em exercício, Armando Mayerhofer.

Após, a presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente – Cedica, Lúcia Flesch, apresentou o painel com o tema central do evento, em seguida foi aberto espaço para debates. Agora à tarde, as atividades seguem com trabalhos em grupos para a discussão dos eixos temáticos: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Prevenção e Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes; Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes. Na sequência plenária final com apresentação e aprovação das propostas dos cinco eixos temáticos e escolha dos delegados para a Conferência Estadual, que ocorrerá de 17 a 19 de junho de 2019, em Porto Alegre.

O evento tem como objetivo mobilizar os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos – SGD, crianças, adolescentes e a sociedade para a construção de propostas voltadas para a afirmação do princípio da proteção integral de crianças e adolescentes nas políticas públicas, fortalecendo as ações de enfrentamento às violências e considerando a diversidade. Conforme a secretária Saionara Soder, a conferência é um espaço importantíssimo de democracia participativa.

Ela lembra que o evento não é somente uma oportunidade para levantar propostas e sair com “delegados” para outra etapa, mas sim um momento de fazer questionamentos importantes, que precisam ser debatidos por todos: poder público e sociedade. Saionara destaca a boa participação da população e também dos servidores que trabalham com a política de defesa dos direitos da criança e do adolescente. Ela define a conferência como um espaço de manutenção das perspectivas, sendo isso fundamental na área social.