Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Polícia 04/12/2020 12:14
Por: Redação

Líder de facção é preso acusado de ser mandante de assassinato em Santa Cruz

A identificação do indivíduo ocorreu após um intenso trabalho de investigação da Polícia Civil, que cumpriu no início da manhã o mandado de prisão preventiva.

Um homem apontado como um dos líderes da organização criminosa que comanda o tráfico de drogas no Vale do Rio Pardo foi preso nesta sexta-feira (4) acusado de ser o mandante de um homicídio registrado em maio deste ano em Santa Cruz do Sul. A identificação do indivíduo ocorreu após um intenso trabalho de investigação da Polícia Civil, que cumpriu no início da manhã o mandado de prisão preventiva.

O homem de 42 anos foi localizado em uma casa monitorada por câmeras de segurança no Bairro Santa Vitória. Agentes da 2ª Delegacia de Polícia, que contaram com apoio da 1ª DP, Draco, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Delegacia de Polícia de Sinimbu, chegaram por volta das 5h30min e precisaram atuar com agilidade devido à possibilidade de fuga do criminoso.

Conforme o delegado Alessander Zucuni Garcia, titular da 2ª DP, o preso é ainda investigado por outros crimes e já possui indiciamentos em alguns. Entretanto, o executor do homicídio de 11 de maio já foi identificado e está foragido. Durante a ação desta sexta-feira, foram apreendidos celulares, dinheiro e documentos. As investigações continuam.

Para a Polícia Civil de Santa Cruz do Sul, a prisão desta sexta-feira foi uma das mais representativa desde a Operação Cúpula, quando o líder da facção Os Manos na região foi preso. No dia 11 de maio, Celso Vieira de Oliveira, de 21 anos, foi morto nas proximidades do Hospitalzinho. Seu corpo foi encontrado em chamas no fim da tarde em Rincão Del Rey, interior de Rio Pardo.