Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 20/07/2020 19:51
Por: Fabricio Ceolin

Vereadores de Sobradinho aprovam crédito para enfrentamento à pandemia

A próxima sessão do Legislativo de Sobradinho será segunda-feira (27), às 18 horas.

Os vereadores de Sobradinho estiveram reunidos nesta segunda-feira (20), durante a 19ª sessão ordinária na sala de sessões Ottmar Kessler, na Câmara. Todos aprovaram o projeto de lei que autoriza o Executivo abrir Crédito Especial no Orçamento de 2020, no valor de R$ 129.365,70. Estes recursos são oriundos de repasse da União para ações de enfrentamento à pandemia do COVID19. Dois projetos da pauta foram baixados para estudos.

Tribuna:

Tuki Siman – PDT – Fez um agradecimento ao atendimento recebido por sua mãe, após ter sofrido um acidente doméstico. Ela foi socorrida por vizinhos e após encaminhada ao Hospital São João Evangelista. O vereador destacou o profissionalismo da equipe médica com muito profissionalismo. Disse ainda que é importante o reconhecimento desses profissionais que prestam o serviço, mas há pessoas que não reconhecem.

Valdecir Bilhan (Cíli) – PTB – O vereador disse que esteve reunido com o vice-prefeito Armando Mayerofer e o Secretário da Saúde Nilo Wietzke, para discutir a destinação do recurso indicado pelo Deputado Federal Marcelo Moraes no valor de R$ 432 mil reais para o Hospital Doutor Homero de Sobradinho. Segundo o parlamentar, está havendo dificuldades para o repasse, pois a casa de saúde não possui convênio com o SUS. Se não houver meio de repasses do recurso, será comprado através de serviços pelo município. Cíli também manifestou descontentamento com o Governo do Estado devido às regras do distanciamento controlado, onde o governo manda fechar os estabelecimentos. O parlamentar avaliou que na segunda-feira após perceber a pressão, ele adota a bandeira laranja. Ele disse que os vereadores estão sendo cobrados, e é triste ver as dificuldades que os comerciantes estão passando.

Luiz Freitas - PP - Em seu pronunciamento, falou que o comércio não é foco do Coronavírus.  Disse que as pessoas pegam os produtos, levam pra casa e devolvem. Destacou que o Governo do Estado recebeu R$ 60 milhões de reais do Governo Federal e até agora nenhum recurso apareceu na região.  Salientou que o Coronavírus não obedece a padrões, e não é o comércio o culpado. Já sobre o transporte escolar, o vereador diz que fez contatos políticos onde ofícios estão sendo protocolados no Tribunal de Contas, pedindo que a instituição autorize os prefeitos a repassarem 30% dos valores que às empresas do transporte escolar estão pedindo. Freitas disse que na atual situação, se os prefeitos fizerem o repasse, no ano que vem serão apontados pelo Tribunal e poderão ser condenados a pagar do próprio bolso os valores. Ele defendeu que o Tribunal de Contas seja pressionado para autorizar os prefeitos a repassar valores para as empresas de transporte.  

A próxima sessão do Legislativo de Sobradinho será segunda-feira (27), às 18 horas.