Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 09/09/2020 13:01
Por: Redação

Reforma da Tributária do Rio Grande do Sul foi tema de reunião em Santa Cruz

O encontro do Diálogos RS ocorreu na manhã desta quarta-feira (9) na sede da Associação das Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp) e também contou com a presença do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior.

 No sexto encontro regional da série “Diálogo RS: Reforma Tributária”, o governador Eduardo Leite esteve, na manhã desta quarta-feira, 9, em Santa Cruz do Sul reunindo prefeitos, deputados estaduais, líderes e entidades dos vales do Rio Pardo e do Taquari.

A reunião ocorreu na Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp), com transmissão virtual para convidados, e participação do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, dos secretários da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, e de Articulação e Apoio aos Municípios, Agostinho Meirelles, e do procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa.
 

A iniciativa busca debater os três projetos de lei que compõem a reforma, além de desfazer mitos criados em torno de alguns pontos. Entre os quais, o de que a Reforma Tributária RS aumenta impostos e a carga tributária.

“A reforma não foi proposta com o objetivo de arrecadar mais. O Estado, inclusive, terá perda na arrecadação em torno de R$ 194 milhões em 2021, mas apostamos neste caminho como forma de estímulo para o desenvolvimento do Estado a partir de um sistema tributário mais justo e que promova um ambiente mais atrativo para os negócios”, disse Eduardo Leite.

“Afinal, competitividade não é sinônimo de imposto baixo, mas inclui tributo adequado que ofereça segurança para trabalhar sem ter de gastar com serviços privados, estradas decentes para escoamento da produção, condições melhores para toda a população”, destacou o governador.