Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Educação 14/04/2018 11:58
Por: Redação

Quase metade das vagas da UFSM/Cachoeira estão ociosas

A menor taxa de ocupação de vagas é no curso de Engenharia Agrícola: das 320 vagas abertas, somente 40,32% estão sendo utilizadas: 129.

Das 1.520 vagas abertas até o momento para os cinco cursos da UFSM/Cachoeira pouco mais de metade estão preenchidas. São 813 alunos, o equivalente a 53,5% do número de acadêmicos que o campus teria se todas as vagas estivessem preenchidas.

A menor taxa de ocupação de vagas é no curso de Engenharia Agrícola: das 320 vagas abertas, somente 40,32% estão sendo utilizadas: 129. Uma turma completa, de 40 alunos, ingressou na primeira turma de Engenharia Agrícola da UFSM/Cachoeira, em agosto de 2014, e apenas duas acadêmicas deste grupo estão em dia com as disciplinas do curso e aptas, por enquanto, a formar-se no segundo semestre de 2019, quando colarão grau os primeiros estudantes do campus.

A vice-coordenadora do curso do curso, Zanandra Boss, destaca que por seu uma engenharia, a modalidade exige dedicação às disciplinas de Matemática e Física. Ela ressalta que as turmas de Agrícola estão sempre cheias no começo do semestre letivo e que as desistências já iniciam nas primeiras semanas de aula. No primeiro semestre de 2018 o curso preencheu 33 das 40 vagas disponibilizadas.