Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 29/02/2020 08:29
Por: Redação

Lançamento da Expoagro Afubra teve ênfase na valorização do produtor

O coordenador da feira lembrou ainda que a programação se estenderá por quatro dias (de 18 a 21 de março).

Faltando 19 dias para o início da Expoagro Afubra 2020, nesta sexta-feira, 28 de fevereiro, os organizadores da maior feira do Brasil voltada à agricultura familiar receberam mais de 400 convidados de cerca de 180 municípios para o ato de lançamento do evento. A cerimônia, seguida de almoço, no Parque de Exposições, na localidade de Rincão del Rey, Rio Pardo/RS, foi acompanhada por autoridades municipais, estaduais e nacionais, lideranças ligadas ao setor agropecuário e representantes da imprensa.

A importância do produtor rural foi ressaltada nos pronunciamentos das autoridades. Para o coordenador geral da Expoagro Afubra, engenheiro agrônomo Marco Antonio Dornelles, o tema foi escolhido porque o objetivo principal da feira é promover a diversificação das propriedades fumicultoras. Ao apresentar resultados de pesquisa que mostraram que, nos 20 anos de Expoagro Afubra, a renda obtida com tabaco nas propriedades produtoras reduziu de 73% para 46%, ele disse que a diversificação proposta pela feira vem realmente acontecendo.

Ao lembrar fatos históricos da Expoagro Afubra, Dornelles contou que, em 2001, na primeira edição (com 64 expositores e 2 mil participantes), o evento foi resultado da prática dos dias de campo que já eram realizados pela Afubra. “Ao longo das feiras, fomos melhorando a estrutura para dar mais condições de conforto aos expositores e visitantes”, disse. “Assim, chegamos ao que é hoje, com mais de 430 expositores e 112 mil visitantes na edição do ano passado”, enfatizou agradecendo aos apoiadores e parceiros do evento.

O coordenador da feira lembrou ainda que a programação se estenderá por quatro dias (de 18 a 21 de março), um dia a mais em relação às edições anteriores, com atividades que aliarão as inovações e tecnologias para o campo à memória do evento e de sua entidade mantenedora. Entre os destaques deste ano, estão o aumento do Pavilhão da Agricultura familiar que vai abrigar 224 agroindústrias, e a criação da Arena de Inovação, que mostrará tecnologias e startups do agronegócio, para proporcionar um intercâmbio de inovação do agro em uma dinâmica diferente de interagir com os produtores que visitam o parque.

Por sua vez, o deputado Edson Brum, representando a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, anunciou a realização da Audiência Pública do legislativo gaúcho como parte da programação da 20ª Expoagro Afubra, que vai tratar sobre irrigação. O evento, com a presença dos deputados estaduais, será dia 20 de março e terá como objetivo discutir políticas de irrigação para enfrentamento aos problemas das secas. “As estiagens afetam todo o setor rural gaúcho”, salientou. Brum também enfatizou a parceria da Assembleia com o setor produtivo de tabaco e chamou ao palco os demais oito deputados estaduais presentes ao evento. “O que tem de melhor produzido pela agricultura familiar está aqui na Expoagro Afubra”, finalizou.

Por sua vez, o deputado federal Heitor Schuch, representante da Câmara dos Deputados, chamou a atenção para a importância da criação da Afubra, que completará 65 anos dia 21 de março. “É a Afubra que tem o seguro mútuo, uma mão amiga para amenizar os dramas nos casos de queima de estufa e granizo”, citou. Ele disse também que a Afubra é a entidade que agrega os parceiros para fazer a feira, evento com foco no agricultor: “homens e mulheres que não têm férias, mas têm fé, e fazem, a cada ano, uma nova safra”, salientou.

Ao se pronunciar, o secretário Nacional da Agricultura Familiar e Cooperativismo, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Fernando Henrique Schwanke, falou do posicionamento federal diante do agro. Ele disse que o ano de 2019 foi marcado pela abertura de dezenas de mercados internacionais. “Hoje somos um competidor internacional importante na segurança alimentar do mundo e o dever do setor agropecuário olhar para dentro e garantir a sustentabilidade da agropecuária brasileira”, falou. Schwanke também salientou que neste ano ocorrerá a 9ª Conferência da Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco e será primeira e será a primeira vez que o Brasil terá a presença de um ministério para defender o setor e não para falar mal da produção de tabaco, como ocorria em eventos anteriores.

E o prefeito de Rio Pardo, Rafael Reis Barros, disse que, ao acompanho desde 2001 o trabalho da Afubra na realização da Expoagro, percebeu a importância da feira para os produtores rurais. “Temos que investir em diversificação para ter agricultura forte, e agricultura forte significa bem estar para todos”, salientou o prefeito do município anfitrião.

Na solenidade de lançamento, foi possível perceber uma prévia do que será a edição histórica da Expoagro Afubra que, além dos 20 anos da feira, irá também celebrar os 65 anos da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). A decoração recebeu elementos relacionados ao tema principal da 20ª edição da feira: “Valorização do agricultor: do campo à cidade”. A ambientação teve produtos cultivados pelos agricultores, como plantas de tabaco e mudas de verduras, chás e temperos. Arranjos decorativos com mudas de plantas produzidas no Centro de Difusão Agropecuária (CDA) da Afubra ficaram à disposição para serem levados pelos convidados.

 

Texto: Cristina Severgnini/Fotos: Junio Nunes e Cristiano Rosa