Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Geral 22/02/2020 14:16
Por: Redação

“Trem de satélites” foi avistado no céu de Sobradinho

Na última segunda-feira (17), um novo lote de 60 satélites da plataforma Starlink foi lançado com sucesso à órbita terrestre pela SpaceX.

Os moradores relataram nas redes sociais a passagem de objetos luminosos enfileirados no céu de Sobradinho na noite desta sexta-feira (21), em direção ao norte. Após algum tempo, outros surgiram na direção oeste e central da cidade. Conforme informações da moradora Larissa Dassi, ela notouo a fileira luminosa por volta das 21 horas, e as luzes puderam ser observadas por cerca de 1 hora.  Trata-se do “trem de satélites” do projeto Starlink, do bilionário americano Elon Musk. A intenção é levar internet de alta velocidade para todas as regiões da Terra, inclusive para locais remotos e de difícil acesso. A ideia da empresa SpaceX, responsável pela iniciativa, é lançar ao espaço os satélites. Cada unidade pesa, aproximadamente, 220 quilos. Eles vão ficar em uma órbita distante 549 quilômetros do solo. Até atingirem esta altitude, os satélites percorrem um longo caminho e ficam visíveis.

Na última segunda-feira (17), um novo lote de 60 satélites da plataforma Starlink foi lançado com sucesso à órbita terrestre pela SpaceX. Este foi o quinto lançamento do projeto desde sua estreia, e o terceiro apenas neste ano, levando a “constelação” atual de 300 satélites — rumo a um total que pode chegar a 42 mil. O objetivo da SpaceX é levar internet para o mundo todo a partir do espaço, através de uma rede de pequenos satélites de baixo custo e alto desempenho. Juntos, eles serão capazes de oferecer conectividade para comunidades isoladas e até navios em alto-mar. Para a primeira etapa de testes do projeto, será preciso pelo menos 400 unidades para oferecer cobertura moderada nos EUA e Canadá — o que já deve começar este ano.

De acordo com a SpaceX, a rede Starlink incluirá inicialmente 1.584 satélites, todos operando em baixa órbita terrestre. Mas a empresa tem aprovação para operar 12.000 satélites e planeja buscar permissão para mais 30.000, totalizando 42.000 objetos compondo uma mega constelação ao redor do planeta.