Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Geral 27/01/2021 12:14
Por: Redação

Moradores de Sobradinho sugerem projeto de lei determinando regras de limites sonoros

Segundo a representante dos moradores, o projeto prevê a atuação da fiscalização municipal e também vai colaborar com o trabalho da Brigada Militar

Moradores do centro de Sobradinho estão se mobilizando para apresentar um projeto de lei, que determina regras de limites sonoros. Conforme Leila Antônio – uma das representantes de um grupo dos moradores – um amplo estudo foi feito, onde buscou através de profissionais dados jurídicos e técnicos que embasaram a sugestão de projeto de lei que poderá ser apreciado pelo Executivo e Legislativo de Sobradinho.

Conforme Leila, moradores do Centro não conseguem mais dormir principalmente nos finais de semana, devido ao excesso de barulho vindo de aglomerações e sistemas de som. Alguns moradores estão fazendo uso de medicações pois estão perturbados, e por vezes precisam até mesmo sair do quarto e ir para outro cômodo de sua residência para conseguirem dormir.

Os moradores do Centro até mesmo estão propondo comprar um Medidor de Nível de Pressão Sonora, também chamado de decibelímetro, equipamento utilizado para fazer a medição dos níveis de pressão sonora em ambientes externos e internos. Segundo a representante dos moradores, o projeto prevê a atuação da fiscalização municipal e também vai colaborar com o trabalho da Brigada Militar.

Leila Antônio revela que os moradores não são contra o comércio do Centro, porém com o projeto de lei querem buscar regras que limitem o excesso de barulho, principalmente vindo de sistemas de som e que traga ainda até horários para determinadas atividades. Destacou ainda que a Brigada Militar tem sido parceira na fiscalização, principalmente do excesso de barulho causado pelo som automotivo, onde as ações tem acarretado no recolhimento dos equipamentos e a confecção de um termo circunstanciado para os infratores.

Durante a entrevista, vários ouvintes relataram problemas de badernas pelas cidades, incluindo os barulhos ocasionados por veículos com descargas abertas que por muitas vezes circulam em alta velocidade.

Leila Antônio lembra que o projeto que deverá ser levado em breve até a Câmara de Vereadores de Sobradinho para que seja apresentado e apreciado, não irá beneficiar apenas o Centro, mas sim todos os bairros de Sobradinho que sofrem com a constante perturbação sonora.