Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 29/01/2020 14:02
Por: Redação

Deputado Adolfo Brito justifica ausência em votação na Assembleia Legislativa

A pauta de projetos da Convocação Extraordinária da Alergs pode estender-se até sexta-feira (31).

A apreciação e votação do pacote do Governo na Assembleia Legislativa, iniciou, efetivamente, nesta terça-feira (28). Ao dar a informação, o deputado estadual Adolfo Brito confirmou que, primeiramente, ocorreu a análise, pelo Plenário do Legislativo Estadual, da emenda 02 à PEC 285.

Conforme Brito, a referida emenda recebeu 38 votos favoráveis e 14 votos contrários, foi elaborada após intensas articulações que vinha mantendo, nos últimos dias, com uma série de contatos e reuniões internas na Bancada do Progressistas, com outras Bancadas, assim como com lideranças de vários setores e com equipes do Governo Estadual, na busca de garantir os direitos já adquiridos do funcionalismo de todos os poderes e do magistério.

"Conseguimos assegurar a todos os servidores algumas vantagens que já adquiriram e uma transição para aquelas que estão sendo completadas, nos próximos 6 meses", explicou. “Nossa intenção era avançar mais, mas chegou-se aquilo que estava dentro das possibilidades”, disse o parlamentar.

Mais tarde, a Assembleia Legislativa aprovou, em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera carreira e regras de aposentadoria dos servidores estaduais. Foram 35 votos a favor e 16 contrários. “Resolvemos não participar da votação, porque esperávamos que o Governo aceitasse outras sugestões que demos, junto com a Bancada Progressista, para que o funcionalismo com um todo, mantivesse outros direitos, mas acabou não sendo possível, informou Adolfo Brito.

A votação do pacote de medidas e projetos do Governo Estadual, reiniciou às 9 horas desta quarta-feira (29), sendo aprovado por unanimidade, o Projeto de Lei 500/2019, que dispõe sobre a quitação de dívidas que o Estado tem, na área da saúde, com municípios, na ordem de aproximadamente 480 Milhões de Reais, com a dação em pagamento de imóveis inservíveis, seguindo protocolo assinado com a FAMURS.

A pauta de projetos da Convocação Extraordinária da Alergs pode estender-se até sexta-feira (31). “Até lá, continuaremos a tratativas e articulações para que o magistério estadual e todos os servidores das demais áreas, tenham tratamento equânime e isonômico, mantendo o máximo possível das suas conquistas históricas”, finalizou o deputado estadual Adolfo Brito.