Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 28/09/2018 14:07
Por: redacao

Comitiva do Vale do Rio Pardo embarca para participar da COP-8

A 8ª Conferência das partes da Convenção-Quadro para o controle do tabaco (COP-8), que ocorre de 1º a 6 de outubro em Genebra, na Suíça.

Embarcou nesta sexta-feira (28) comitiva que irá representar os mais de 650 municípios produtores de tabaco durante a 8ª Conferência das partes da Convenção-Quadro para o controle do tabaco (COP-8), que ocorre de 1º a 6 de outubro em Genebra, na Suíça. A Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco) confirma a delegação que irá representar a entidade no evento. O vice-presidente no Rio Grande do Sul, Rudinei Härter, o tesoureiro, prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert e o consultor executivo Dalvi Soares de Freitas irão a Genebra.

Para o presidente da Amprotabaco, o prefeito de Santa Cruz do Sul, Telmo Kirst, os produtos originários do tabaco, combatidos pela COP-8, são produtos legais, de indústrias legais. Segundo ele, a comitiva vai lutar até o fim, pois a cadeia produtiva é fundamental para os municípios. Kirst destaca que os prefeitos têm sido muito ouvidos depois do surgimento da associação, pois eles representam uma força muito grande. Telmo Kirst ressalta que é preciso manter a união entre os prefeitos, para continuar a defesa do tabaco.

O presidente será representado pela comitiva da Amprotabaco. Segundo o vice-presidente da Amprotabaco no Rio Grande do Sul, Rudinei Härter, o tabaco influencia diretamente na economia dos municípios produtores. Ele explica que é essencial que se tenha firmeza na defesa da atividade. Já o tesoureiro da Amprotabaco, Giovane Wickert, ressalta que a presença dos prefeitos na COP-8 torna-se importante, pois houve uma grande mobilização para dar voz a entidade e agora a expectativa é que pelo menos um dos membros da delegação tenha acesso como público durante os debates que serão promovidos em Genebra.

Conforme ele, a intenção é que a comitiva possa expor a cultura do tabaco e a importância dela durante a conferência. O consultor executivo da Amprotabaco, Dalvi Soares de Freitas acrescenta que a representatividade dos prefeitos aguarda a resposta para saber se poderá ou não participar do evento. No entanto, adianta que a comitiva irá manter uma comunicação frequente com a delegação brasileira durante a COP, e com isso, terá acesso ao conteúdo dos debates de qualquer forma. A delegação da Amprotabaco deve chegar em Genebra, na Suíça, amanhã à noite, na véspera do início da COP-8.