Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 13/05/2020 13:30
Por: Fabricio Ceolin

Deputados solicitam anistia do Troca-Troca de Sementes de Milho

Dados da Fetag indicam que 90% dos 52,5 mil agricultores familiares que participam do programa estão com dificuldades de pagar o financiamento das sementes, que começa a vencer em 31 de maio.

  • Foto: Divulgação
  • Adolfo Brito

O deputado estadual Adolfo Brito reiterou pedido para isentar a cobrança do programa troca-troca de sementes junto ao governador Eduardo Leite e ao Secretário da Agricultura, Covatti Filho. O prazo de vencimento dos contratos do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo já foi prorrogado para 31 de maio em razão da estiagem. O deputado que preside a Comissão de Agricultura na Assembleia, lembra sobre a necessidade de evitar uma descapitalização dos produtores e suas entidades representativas, o que pode inviabilizar a continuidade da produção agrícola.

Já na Frente Parlamentar em Defesa do Milho da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Elton Weber, o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, solicitou a anistia total dos R$ 17,3 milhões devidos pelos agricultores que participam do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho. O valor equivale aos 72% da parcela de responsabilidade dos agricultores no pagamento da semente.

Os outros 28% são subsidiados pelo governo estadual. O secretário da Agricultura, Covatti Filho, explicou que uma anistia envolve a necessidade de suplementação sob pena de comprometer o calendário do programa. O chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, se comprometeu a fazer uma reunião com a Secretaria da Fazenda  e voltar a conversar com a Fetag e os deputados para, após, levar proposta ao governador Eduardo Leite.

Dados da Fetag indicam que 90% dos 52,5 mil agricultores familiares que participam do programa estão com dificuldades de pagar o financiamento das sementes, que começa a vencer em 31 de maio.O Programa Troca -Troca, criado em 1988, é hoje o único programa estadual de fomento aos agricultores gaúchos de milho. Participaram ainda os deputados estaduais Edson Brum (MDB) e Frederico Antunes (PP) e o deputado federal Heitor Schuch (PSB).