Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Polícia 13/08/2020 15:29
Por: Fabricio Ceolin

Polícia identifica suspeitos de ataque ao Banrisul de Segredo

Conforme o Jornal Serrano, a Policia Civil, através da 1° Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais, desencadeou a Operação Secretum.

  • Foto: Jorge Augusto Foletto - Rádio Sobradinho
  • Frota Junior/Jornal Serrano

Nesta quinta-feira (13), a Polícia Civil do RS e o DEIC deflagraram a Operação Secretum em diversas cidades do RS. Havia dois mandados de prisão preventiva para Soledade e um para Barros Cassal.
 

 Conforme o Jornal Serrano, a Policia Civil, através da 1° Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais, desencadeou a Operação Secretum, cumprindo medidas judiciais visando colher mais provas com a restrição de liberdade, além de assegurar a aplicação da Lei Penal, como o bloqueio de ativos em contas bancárias, as quais decorrem da investigação criminal que visou identificar a autoria imediata e a existência de organização criminosa responsável pelo roubo a estabelecimento bancário com uso de explosivos, ocorrido na madrugada do dia 06 de março de 2020, na cidade de Segredo, ocasião em que criminosos subtraíram valores do Banrisul.

Segundo o Deic, o fato ocorrido em Segredo foi praticado por um morador da cidade de Barros Cassal. Trata-se de pessoa intensamente vinculada a condutas criminosas graves. Sua participação no fato ocorrido em Segredo não foi isolada, havendo fortes indícios de participação no crime ocorrido na cidade de Paraíso do Sul, no dia 09 de janeiro de 2020. Há indícios de que tenha envolvimento com outras condutas criminosas, que seguem sendo devidamente apuradas.

A Polícia Civil não manifestou detalhes sobre as cautelares, identificação de alvos, local das buscas e prisões, em respeito ao conteúdo da decisão judicial.
A Operação contou com a participação DP de Barros Cassal e DP de Soledade.
 

Todos os fatos envolvendo emprego de explosivos, no ano de 2020, restaram esclarecidos pela Polícia Civil, através do competente trabalho de investigação criminal desenvolvida pelos agentes da 1ª DR/DEIC.

Fotos da movimentação policial em Barros Cassal: Frota Junior/Jornal Serrano