Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 02/01/2019 15:01
Por: redacao

Vereador Tuki Siman assume a presidência do Legislativo de Sobradinho

Foi dado início ao debate acerca da proposta de alteração do Regimento Interno no que diz respeito ao dia da semana e o horário de início das sessões ordinárias.

O Vereador Roberto Carlos Siman (PDT) assumiu nesta quarta-feira (02/01) a presidência da Câmara Municipal de Vereadores de Sobradinho. Na ocasião, Tuki Siman esteve reunido com o advogado Rogerio Barbieri Carniel, novo Assessor Jurídico e com a futura Diretora Geral, Louise Hermes, com o objetivo de planejarem as ações da presidência do Poder Legislativo Municipal para o ano de 2019. Dentre elas, as primeiras providências relativas às obras de melhoria e modernização da Câmara Municipal. Da mesma forma, foi dado início ao debate acerca da proposta de alteração do Regimento Interno no que diz respeito ao dia da semana e o horário de início das sessões ordinárias.

De acordo com o novo Presidente, as sessões passariam a serem realizadas às terças-feiras, às 19h, o que possibilitaria o acesso a mais pessoas além de mais tempo ao Poder Executivo no envio de projetos de lei. O novo Presidente também irá propor aos vereadores a alteração da Lei Orgânica Municipal que determina que o funcionamento ordinário da Câmara ocorra a partir do primeiro dia útil do mês de março de cada ano. Para Roberto Siman não é admissível um recesso parlamentar de dois meses (janeiro e fevereiro), sendo que a proposta prevê a redução para apenas um mês (janeiro).

Ainda, com os objetivos de economicidade e maior transparência, foi determinada à assessoria jurídica a revisão das resoluções que dispõem sobre a concessão, o pagamento e a prestação de contas de diárias a vereadores e servidores da Câmara Municipal de Sobradinho e sobre a indenização por uso de veículo particular por servidores e/ou vereadores do Poder Legislativo do Município de Sobradinho e que datam de 2015, bem como uma revisão nos contratos de prestação de serviços firmados com a Câmara. Por fim, Roberto Carlos Siman informou que em um primeiro momento, dos quatro cargos em comissão (CCs) existentes na Câmara Municipal, apenas um foi provido imediatamente, ficando os demais cargos vagos por tempo indeterminado.