Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Saúde 27/07/2020 14:00
Por: Fabricio Ceolin

Região 27 não apresentou recurso para reverter bandeira laranja

O levantamento preliminar aponta 14 regiões com bandeira vermelha (alto risco) e seis com laranja (risco médio).

 A região 027 – com sede em Cachoeira do Sul e que abrange Sobradinho e os demais municípios do Centro Serra – não apresentou recurso à definição da bandeira laranja no mapa preliminar da 12ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado na última sexta-feira, pelo governo do Estado. Esgotadas as 36 horas do prazo, 49 pedidos de reconsideração foram enviados por municípios e associações regionais. O levantamento preliminar aponta 14 regiões com bandeira vermelha (alto risco) e seis com laranja (risco médio). Do total de recursos apresentados, apenas um pede para modificar uma bandeira laranja para amarela. As demais solicitações foram encaminhadas de regiões classificadas em vermelha.

As 14 regiões preliminarmente classificadas com risco alto para o contágio por coronavírus na 12ª rodada são Caxias do Sul, Taquara, Canoas, Porto Alegre, Pelotas, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Capão da Canoa, Novo Hamburgo, Cruz Alta, Bagé, Passo Fundo, Palmeira das Missões e Santo Ângelo. Veja como ficou o mapa preliminar no site do Distanciamento Controlado. São 352 municípios, do total de 497, que compõem a zona vermelha do mapa. Desse total, 181 cidades podem adotar protocolos de bandeira laranja sem necessidade de entrarem com recurso, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local. Da região, Salto do Jacuí, Tunas e Lagoão – que fazem parte da microrregião norte – estão nesta condição, e podem seguir as regras da bandeira laranja.

Os pedidos de reconsideração estão sendo avaliados hoje pelas equipes técnicas do governo. A decisão será tomada pelo Gabinete de Crise nesta segunda-feira (27) e, no final da tarde, o mapa definitivo, vigente a partir de terça-feira, será divulgado pelo governador Eduardo Leite.