Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 01/10/2020 14:11
Por: Redação

Promotora pede bom senso e sugere que partidos de Sobradinho não promovam comícios

A geração dos programa eleitorais caberá a Rádio Sobradinho AM.

  • Foto:Henrique Lindner
  • Foto:Henrique Lindner

A Justiça Eleitoral promoveu quarta-feira (30), o sorteio da ordem da propaganda eleitoral gratuita no Rádio dos candidatos a prefeito de Sobradinho. O encontro – na Câmara de Vereadores – contou com a presença da Juíza Liane Gorini, titular da 1ª e 2ª Varas da Comarca de Sobradinho e diretora do Fórum, a promotora de Justiça Amanda Giovanaz, servidores do Cartório Eleitoral, representantes dos candidatos e das emissoras de Rádio da cidade.

Conforme o sorteio, a Verdadeira Mudança do candidato Rogério Barbiéri Carniel, do PT, terá direito a 2 minutos e 29 segundos. Jorge Pohlmann da coligação Sobradinho Pode Mais – formada pelo PP/PTB/PSDB e PSB terá 4 minutos e 41 segundos; e Armando Mayerhofer da coligação Honestidade e Trabalho – do MDB e PDT, terá direito a 2 minutos e 48 segundos. O tempo é definido conforme o tamanho da bancada de cada coligação ou partido na Câmara dos Deputados.

A geração dos programa eleitorais caberá a Rádio Sobradinho AM. As demais emissoras devem entrar em rede. A propaganda será veiculada de 9 de outubro a 12 de novembro, das 7 às 7 e 10 da manhã, e do meio dia ao meio dia e dez. Estes dois espaços serão destinados apenas para as chapas majoritárias. Além disso, haverá inserções diárias de 30 segundos ou Um minuto, destinadas aos candidatos ao Legislativo e Executivo.  No encontro de ontem (30), a Promotora Amanda Giovanaz, repassou aos Partidos uma lista com recomendações para a campanha, baseadas nos decretos adotados pelo Estado e Municípios, a fim de evitar a proliferação do coronavírus.

Ela também propôs que os candidatos da região da 53ª Zona Eleitoral não promovam comícios e carreatas que gerem acumulação de pessoas. A Promotora concedeu prazo de 3 dias para que os candidatos entrem num acordo. Conforme Amanda Giovanaz, não há uma proibição expressa de comícios, porém, ela adiantou que não descarta a possibilidade de responsabilização dos candidatos e partidos no caso de eventual registro de casos da doença.

Já a Juíza Eleitoral, falando nesta quinta-feira (01), ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM, disse que espera bom senso durante a campanha, e que mesmo que os Partidos promovam apenas pequenos encontros, pediu que sejam observados os protocolos comuns de segurança como uso de máscaras e álcool gel.