Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Polícia 12/03/2019 12:20
Por: Fabricio Ceolin

Árbitro de futebol natural de Sobradinho é preso acusado de estupros

O primeiro abuso sexual teria sido em Sobradinho, em 2001.

Um árbitro de futebol foi preso, hoje, acusado de estuprar várias mulheres em Sapucaia, Caxias e Sobradinho. De acordo com reportagem do Jornal Zero Hora, Airton da Rosa, de 44 anos Natural de Sobradinho, era investigado pela Polícia Civil desde outubro do ano passado e foi preso nesta manhã em Sapucaia do Sul.

Na ficha criminal dele já são seis acusações de estupro. O primeiro abuso sexual teria sido em Sobradinho, em 2001. Passados nove anos, as denúncias contra Airton passaram a aparecer em Caxias do Sul.

Na cidade, foram três registros, todos em 2011. O homem chegou a ser preso em 31 de agosto de 2011, mas foi liberado em abril de 2012, após ser absolvido por um dos crimes em decisão em segundo grau. Passados mais sete anos, mais dois casos foram denunciados, desta vez em Sapucaia do Sul.

De acordo com as denúncias, o homem encontra as mulheres na estação de trem e as leva para o seu escritório, que na realidade é a sua residência, oferecendo supostas vagas de trabalho como assistente de arbitragem.

Ao chegar no local, segundo a Polícia, Rosa tranca as portas e esconde as chaves. Inicialmente, o árbitro relata a proposta de emprego, por cerca de uma hora, e depois começa as investidas contra as mulheres. Condenado em primeira instância, o árbitro obteve absolvição no julgamento de recurso em segunda instância. Ele alega que pagou pelos atos.

Os desembargadores afirmaram que as provas coletadas eram insuficientes, e citaram a falta de exame de corpo de delito e de DNA. Agora ela vai responder pelos últimos casos denunciados, que teriam ocorrido no mesmo dia: em 23 de outubro de 2018, pela manhã e pela tarde, da mesma forma.