Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 06/12/2018 14:06
Por: redacao

Vice-presidente da FETAG diz que negociação do preço do tabaco deverá encerrar sem acordo

Falando ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM, Nestor Bonfanti, disse que o aumento do custo de produção foi de 5,9%, segundo os cálculos dos representantes dos produtores.

O Vice-presidente da FETAG disse nesta quinta-feira (06) que dificilmente haverá assinatura de um acordo sobre o preço do tabaco para a atual safra. Nestor Bonfanti participa das negociações em São José, na grande Florianópolis, em Santa Catarina. Falando ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM, ele disse que o aumento do custo de produção foi de 5,9%, segundo os cálculos dos representantes dos produtores.

As entidades, no entanto, pedem, além desse índice um aumento real no preço para cobrir também outros itens como a depreciação das instalações. Bonfanti ressaltou que as negociações variam de empresa para a empresa, e a melhor proposta apresentada foi de 4,5%.  Segundo ele, um novo encontro deve ser agendado para o início de janeiro. Com relação ao mercado do tabaco, o vice-presidente da FETAG disse que os estoques estão normais, mas o Brasil deverá enfrentar a concorrência do Zimbábue, onde houve aumento da produção.