Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Polícia 11/06/2019 14:50
Por: Redação

Fábrica ilegal de cigarros, que tinha depósito em Vera Cruz, é fechada pela Receita Federal

Mais de três milhões de maços de cigarros eram guardados no local.

Uma fábrica irregular de cigarros foi fechada nesta segunda-feira (10) em Natal, em um desdobramento da Operação Grandes Rios, desencadeada pela Receita Federal. Um dos depósitos do local era uma residência em Vera Cruz, descoberta em abril. Mais de três milhões de maços de cigarros eram guardados no local. Além disso, um dos laranjas do esquema morava em um casebre em Santa Cruz, nas proximidade do Santuário de Schoenstatt.

A Receita Federal constatou, na fábrica no Rio Grande do Norte, a interposição fraudulenta de pessoas pela utilização de sócios sem capacidade financeira e operacional para a gestão da empresa (sócios “laranjas”). Além disso, foi identificada a falta de pagamento de tributos federais, em valores estimados em R$ 1 bilhão, incluindo multa e juros. O fechamento do local se deu por meio do cancelamento do Registro Especial para fabricação de cigarros, de lacração das máquinas e de apreensão de selos de controle, matérias primas e produtos em estoque. A Recita Federal, que trabalhou com 17 auditores-fiscais, contou com apoio da Polícia Federal.

A Operação Grandes Rios, iniciada em abril pela Receita Federal em conjunto com a Polícia Federal e com o Ministério Público Federal, investigou a ocorrência de crimes contra a ordem tributária no setor de fabricação de cigarros e cumpriu mandados de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco e São Paulo.