Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 23/12/2020 14:05
Por: Redação

Prefeito eleito de Sobradinho diz que vai iniciar mandato sem nenhum secretário

Armando Mayerhofer afirmou que ainda não definiu nenhum nome para as secretarias de seu futuro governo.

O prefeito eleito anunciou nesta quarta-feira (23), que vai iniciar o seu mandato em 1º de janeiro, sem nenhum secretário municipal. O anúncio foi feito em entrevista ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM. Conforme Armando Mayerhofer, todas as secretarias municipais ficarão sob sua responsabilidade e do vice-prefeito Ivan Trevisan. A decisão, conforme ele, foi debatida em reunião com a presença das Executivas dos dois partidos que compõe o governo, o MDB e o PDT, todos os candidatos que concorreram a vereador, o atual prefeito Maninho Trevisan e o seu vice Ivan Trevisan.

Mayerhofer salientou que os novos secretários serão nomeados somente a partir de março, e não necessariamente, todos de uma vez. Quanto a Secretaria da Saúde, o prefeito eleito não descartou a possibilidade de fazer a indicação antes, caso a situação da pandemia se agrave ainda mais. Nesta área, segundo ele, a expectativa é de que a equipe de profissionais da pasta, dê conta da demanda. Armando Mayerhofer afirmou que ainda não definiu nenhum nome para as secretarias de seu futuro governo, e que poderão ser aproveitados integrantes do atual governo, mas, ressaltou que não há nenhuma garantia disso.

Ele acrescentou que não assumiu nenhum compromisso, nesse sentido, durante a campanha. Outra medida anunciada pelo prefeito eleito, será a nomeação de um número mínimo de CCs nos dois primeiros meses do seu governo. O objetivo é reduzir despesas diante da anunciada queda de arrecadação em 2021. Mayherofer revelou ainda que não pretende adotar turno único em nenhum momento nos próximos quatro anos, e acabar com o revezamento de pessoal, adotado atualmente, devido a pandemia do coronavírus. Para ele, o risco de aglomerações no centro administrativo é pequeno.

Atualmente a prefeitura de Sobradinho está em turno único, medida que segundo Armando Mayerhofer, traz alguma economia, porém, com muito transtorno para a população principalmente do interior, que passa a ter um horário muito restrito para atendimento na prefeitura.