Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Saúde 16/10/2020 14:34
Por: Redação

Dia D de vacinação contra poliomielite será neste sábado

Todas as crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas.

Com o objetivo de imunizar crianças e adolescentes, o Dia D da campanha de Multivacinação e Vacinação contra a Poliomielite ocorre neste sábado (17), em todo o País. Em Sobradinho, o Posto de Saúde Central estará aberto das 8 às 17 horas, sem fechar ao meio dia. Para vacinar, é necessário ter em mãos a carteira de vacinas de quem vai receber a imunização e, de preferência, o cartão SUS. A campanha nacional começou no dia 5 de outubro e segue até o dia 30 deste mês. Em Sobradinho, a população-alvo da campanha contra a pólio é formada por 686 crianças e, até o momento, em torno de 40% deste público alvo já foram imunizados.

Em Arroio do Tigre, segundo a enfermeira Vera Hamerschmith, a vacinação amanhã, no Dia D da Campanha, também será das 8 às 17 horas, no Posto de saúde da Cidade, além dos Postos do Bairro Industrial e Posto de Sítio Alto. A meta em Arroio do Tigre é que sejam vacinadas 640 crianças contra a paralisia Infantil. Até hoje já foram vacinadas 195 crianças, o que equivale a 30% da meta. A Poliomielite ou Paralisia Infantil é uma doença contagiosa aguda causada por vírus que pode infectar crianças e adultos e em casos graves pode acarretar paralisia nos membros inferiores. A vacinação é a única forma de prevenção.

Todas as crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas. A Poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e provocar ou não paralisia. Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

No Brasil, o último caso de infecção pelo poliovírus selvagem ocorreu em 1989, na cidade de Souza, na Paraíba. A estratégia adotada para a eliminação do vírus no país foi centrada na realização de campanhas de vacinação em massa com a vacina oral contra a pólio (VOP). Essa vacina propicia imunidade individual e aumenta a imunidade de grupo na população em geral, com a disseminação do poliovírus vacinal no meio ambiente, em um curto espaço de tempo.