Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Geral 22/02/2020 14:03
Por: Redação

Polícia vai intensificar combate ao roubo de cargas de tabaco

O preocupante aumento de 160% no roubo de cargas no ano passado fez com que o SindiTabaco criasse uma Comissão de Segurança, que terá a participação, da Brigada Militar e Polícia Civil, para fazer o trabalho preventivo.

A Polícia Civil vai intensificar o combate ao roubo de cargas de tabaco. As ações beneficiam não só os produtores, como também os transportadores e as entidades, representantes dos produtores e das indústrias. Será apresentado, nos próximos dias, um plano para coibir este tipo de crime na região, que teve o mais recente episódio nesta quarta-feira.

Em ação comandada pela Delegacia Regional, por meio da Delegacia de Polícia de Venâncio Aires e com o apoio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas de Santa Cruz, a Polícia desmantelou uma quadrilha que roubou um caminhão carregado com cerca de 27 toneladas de tabaco, na localidade de Monte Castelo, em Pantano Grande. O produto, avaliado em cerca de R$ 150 mil, havia sido descarregado e estava sendo reetiquetado em um sítio em Linha Campo Grande, no interior de Venâncio Aires. Parte, inclusive, já havia sido vendida. De acordo com o delegado regional, Luciano Fernandes Menezes,

As ações das quadrilhas são orquestradas de forma conjunta com os compradores. A rede é formada, em uma das pontas, pelos ladrões de cargas. O esquema é normalmente formalizado pela reetiquetagem do produto, por um produtor que já seja revendedor de tabaco. Após isso, na outra ponta, estão os intermediadores, que distribuem o produto para as indústrias de tabaco, os chamados ‘picaretas’. No caso desta quarta-feira, o delegado regional confirmou que pelo menos cinco pessoas já haviam sido identificadas e duas delas foram presas. Conforme Luciano Menezes, além do dono do sítio e da esposa dele, presos na ação, dois suspeitos, que fugiram para o matagal, e o intermediador, que deve prestar esclarecimentos à Polícia, já foram identificados.

A intenção, segundo Luciano Menezes, a partir de agora, é trabalhar na intensificação das ações de prevenção ao roubo de carga. A Polícia Civil deve apresentar nos próximos dias o detalhamento de um plano para combater este tipo de crime na região.

 

 O preocupante aumento de 160% no roubo de cargas no ano passado fez com que o SindiTabaco criasse uma Comissão de Segurança, que terá a participação, da Brigada Militar e Polícia Civil, para fazer o trabalho preventivo. De acordo com o o presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, a aplicação imediata do plano de ação, visa reduzir o número de ocorrências.

O gerenciamento de risco foi tema de folder que será distribuído para os transportadores de tabaco e de insumos agrícolas do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. No material, há medidas para auxiliar os transportadores na prevenção e nos procedimentos do que fazer em casos de ocorrências de roubo de carga de tabaco e insumos agrícolas.

 

 

 

 

 

Fonte: Portal Arauto