Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 30/05/2020 12:50
Por: Redação

Executivo de Passa Sete veta projetos que definem salários de vereadores, prefeito e secretários municipais

Segundo a assessoria do Prefeito Bertino Rech, pesou para que ele vetasse os projetos aprovados pela Câmara, o prejuízo causado no município pela estiagem e a pandemia do novo coronavírus.

O prefeito de Passa Sete Bertino Rech, vetou os três projetos aprovados pela Câmara de Vereadores que define os salários dos agentes políticos para o período de 2021 a 2024. O Legislativo definiu que para a próxima gestão seriam mantidos os atuais vencimentos. O projeto original da mesa diretora previa redução, instituindo os valores que eram pagos em 2016. Porém, uma emenda aprovada com três votos contrários manteve os valores atuais.

Os vetos do prefeito aos três projetos deverão ser analisados na sessão da próxima segunda-feira. Caso eles sejam aceitos pela Câmara, o projeto aprovado é arquivado, e uma nova proposta deverá ser elaborada pelo legislativo, tendo que ser assinada por pelo menos cinco vereadores. Caso a Câmara rejeite os vetos do prefeito, deverá ser promulgado o projeto aprovado na sessão do último dia 18.

Pela matéria aprovada com a emenda, permanecem para a próxima gestão os valores pagos atualmente. Os vereadores recebem hoje 2 mil 339 reais, o Presidente da Câmara recebe 3 mil e 20 reais, o prefeito tem salário de 13 mil e 300 reais e os secretários recebem quase 6 mil e 700 reais.

Segundo a assessoria do Prefeito Bertino Rech, pesou para que ele vetasse os projetos aprovados pela Câmara, o prejuízo causado no município pela estiagem e a pandemia do novo coronavírus.