Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 14/05/2019 14:15
Por: Redação

Senador Luiz Carlos Heinze participou de reunião almoço em Santa Cruz do Sul

Evento foi promovido pela Associação Comercial e Industrial de Santa Cruz do Sul.

Em reunião almoço da Associação Comercial e Industrial de Santa Cruz do Sul, nesta segunda-feira (13), foi palestrante o senador Luiz Carlos Heinze, um dos cabos eleitorais na região, de Jair Bolsonaro. Começou dizendo que o governo "tem linha, tem direção".., e prosseguiu: "Bolsonaro pegou um país destroçado e não há como resolver os problemas econômicos em tão pouco tempo". Em entrevista coletiva, Heinze alertou que a concessão da RSC-287 deve mesmo ser da iniciativa privada, uma vez que a Secretaria Estadual dos Transportes tem um orçamento de 150 milhões, o que é insignificante.

Quanto aos cortes nas Universidades, o senador gaúcho do PP, disse que as despesas precisam ser equilibradas. Temos que zerar o déficit no setor. Sobre o decreto flexibilizando o ouso de armas, Heinze lembrou que o povo foi à favor no referendo em 2005, lamentando algumas posições em contrário hoje.

A reforma tributária, conforme Heinze, deve simplificar o processo tributário e aliviar o peso dos impostos, que hoje representa quase 40% do PIB brasileiro. As empresas não aguentam mais. Revelou que uma das possibilidades avaliadas é a criação de um único imposto federal. O senador defendeu a correção de alguns detalhes no texto da reforma da previdenciária, sobretudo com relação aos trabalhadores rurais. Aposta que o texto vai passar no Congresso, confiando que o governo – se precisar – vai fazer mais concessões no projeto. "Vou apoiar a reforma da previdência quando ela chegar ao Senado".. concluiu o senador Luiz Carlos Heinze..