Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 22/03/2018 14:01
Por: Redação

Emater e Afubra renovaram contrato para acompanhamento da Classificação do Tabaco

O documento foi assinado pelos presidentes da Emater da Afubra, Clair Kuhn e Benício Albano Werner, na Casa da Emater no Parque da Expoagro.

Fazendo parte da programação da Expoagro Afubra, a Emater e a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) renovaram o contrato de prestação do serviço de acompanhamento da Classificação de Tabaco, pela equipe de Classificação e Certificação da Instituição, durante o período de recebimento da safra nas indústrias de tabaco do Rio Grande do Sul. O documento foi assinado pelos presidentes da Emater da Afubra, Clair Kuhn e Benício Albano Werner, na Casa da Emater no Parque da Expoagro.

Há 35 anos, a Afubra contrata a Emater para acompanhar a comercialização da safra de tabaco, sempre quando solicitada para esclarecer dúvidas quanto à qualidade. Com base nos resultados da classificação, o produtor e a indústria podem acordar o preço justo, considerando a real qualidade do produto identificada pela classificação, que define itens como a cor e o tipo do produto. Segundo o presidente da Emater, Clair Kuhn, esse longo tempo de parceria é um reconhecimento do trabalho sério e isento da área de Classificação da Emater e que auxilia tanto o produtor como a indústria.

Embora a classificação de tabaco não seja mais obrigatória desde o ano 2000, quando realizada, segue os padrões oficiais definidos na Instrução Normativa Nº 10 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que trata do Regulamento Técnico de Identificação, Qualidade, Embalagem, Marcação e Apresentação do Tabaco em Folha Curado.