Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 10/01/2020 14:18
Por: Redação

Reunião na FAMURS tratou sobre estiagem no Estado

O presidente da AMCSERRA, prefeito Bertino Rech, de Passa Sete, destaca que os municípios podem emitir o decreto, mediante laudos de comprovação de perdas, que deverão ser enviados para a Defesa Civil do Estado.

Prefeitos, vice-prefeitos ou representantes das prefeituras que fazem parte da Associação dos Municípios do Centro Serra – AMCSERRA, estiveram participando na tarde desta quinta-feira (09), na FAMURS, de uma reunião em busca de soluções para que os problemas decorrentes da estiagem que atinge o Rio Grande do Sul. Foram debatidas alternativas para diminuir os danos, garantias de prazos e refinanciamentos da safra, pedido de agilidade para decretação de estado de emergência, rapidez na concessão de benefícios por parte dos governos Estadual e Federal, além de planejamento, a longo prazo, para enfrentar um problema que, sistematicamente, afeta a produção agrícola do Rio Grande do Sul.

O presidente da AMCSERRA, prefeito Bertino Rech, de Passa Sete, destaca que os municípios podem emitir o decreto, mediante laudos de comprovação de perdas, que deverão ser enviados para a Defesa Civil do Estado, buscando reconhecimento da situação pelo governo estadual, e a consequente homologação da situação de emergência. Até o momento no Centro Serra, Sobradinho e Cerro Branco já decretaram situação de emergência. Os demais municípios estão em fase de levantamento de dados, informações e reunindo a documentação para a posterior emissão do decreto. A previsão é de que a medida seja adotada por todos os prefeitos do Centro Serra.

Para o presidente da Famurs e prefeito de Palmeira das Missões, Dudu Freire, esta primeira reunião, com a presença de mais de 80 prefeitos, vices e representantes das regiões mais afetadas, concretizou “uma verdadeira rede de apoio aos agricultores e municípios, para que eles tenham força de reivindicação e possam amenizar o problema que já está estabelecido”. Uma nova reunião já está marcada para segunda-feira (13), às 14 horas, na Famurs. Na pauta, a criação de um grupo de trabalho para desenvolver um planejamento a longo prazo para enfrentar a situação.