Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 01/10/2020 14:36
Por: Redação

Projeto Verde é Vida recebe prêmio Sustentabilidade Federasul

Afubra recebeu o prêmio por meio do Projeto Verde é Vida com seu Curso de Atualização a Distância.

  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação

O vice-presidente da Afubra, Marco Antonio Dornelles, recebeu ontem (30), em nome da entidade, o 8º Prêmio Vencedores do Agronegócio, na categoria Sustentabilidade. A solenidade de entrega ocorreu de forma híbrida, devido à Covid-19, com transmissão ao vivo da sede da Federasul, em Porto Alegre. Ao receber a distinção, Dornelles lembrou os 65 anos da Afubra na defesa das famílias produtoras de tabaco que, em suas propriedades com média de 16 hectares, também produzem alimento.

Segundo ele, “o trabalho da Afubra, além do auxílio mútuo às lavouras de tabaco para reduzir os danos causados pelo granizo, é realizar o custo de produção do tabaco para negociar o preço com as empresas fumageiras e atuar na defesa do setor. Porém, avalia que é preciso desenvolver atividades na área da educação ambiental, onde o Projeto Verde é Vida atua, por meio de escolas parceiras”. Ao falar sobre o Curso de Atualização a Distância (CAD), Dornelles salientou a participação da Emater que, em diversas áreas, ministrou disciplinas. A Afubra recebeu o prêmio por meio do Projeto Verde é Vida com seu Curso de Atualização a Distância (CAD), oferecido a todos os professores das escolas parceiras, com o objetivo de promover o desenvolvimento rural, valorizando a agricultura familiar e contribuindo com a permanência das famílias no campo.

O primeiro curso oferecido foi o de Educação Socioambiental Rural, que teve sua estrutura formada por 14 disciplinas divididas em três módulos que corresponderam a 46 videoaulas. O curso teve uma carga horária de 180 horas, concluído em dezembro de 2019, que foi comprovado através de um certificado do Projeto Verde é Vida. Para 2020, abriu-se uma nova turma.

PROMOÇÃO

Promovido pela Federação das Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), o Prêmio é dividido nas categorias: Antes da Porteira (Indústria de Insumo, Máquinas e Equipamentos), Dentro da Porteira (Produção Agropecuária e Agroindústria), Depois da Porteira (Distribuição, Serviço de Apoio ao Agronegócio), Sustentabilidade (Social, Econômica e Ambiental) e Elas do Agro (liderança feminina que se destaca pelo relevante trabalho no cenário agro). Além da Afubra, os agraciados da 8ª edição do Prêmio são: Antes da Porteira – Simbiose Indústria de Comércio de Fertilizantes e Insumos Microbiológicos, de Cruz Alta; Dentro da Porteira – Cooperativa Languiru, de Teutônia; Depois da Porteira – Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, de Rodeio Bonito; e Elas no Agro – Neiva Wurfel Ebrin, de Horizontina. O troféu Três Porteiras é produzido em bronze, pela artista plástica Ângela Pettini, e representa a integração dos setores envolvidos nos processos de qualificação, inovação tecnológica, logística e desenvolvimento do agribusiness.