Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 17/11/2018 11:58
Por: redacao

Plantio de soja segue de forma intensa na região de abrangência da COTRIEL

O gerente de grãos, Odélcio Hartmann, informou que a segregação do trigo foi feita em duas etapas: uma antes e outra após as chuvas.

O plantio de soja segue de forma intensa na região de abrangência da COTRIEL. Esta semana, associados da cooperativa aproveitaram o tempo firme para praticamente finalizar a colheita do trigo, favorecendo a implantação da oleaginosa. Segundo o assessor de grãos e fomento da COTRIEL, Cristiano Corazza, mesmo com o aumento de cerca de 10% em relação à área plantada no ano passado, o frio intenso e as últimas chuvas prejudicaram a qualidade do trigo.

O gerente de grãos, Odélcio Hartmann, informou que a segregação do trigo foi feita em duas etapas: uma antes e outra após as chuvas. Entre maio e outubro a precipitação foi de 921 milímetros, com 43 dias de chuva e 19 geadas. O diferencial deste ano foi que as chuvas aconteceram de forma intercalada e com muitos dias nublados. Cerca de 75% das áreas plantadas na Sede e nas Unidades da COTRIEL foram colhidas, e entre as 14 variedades de trigo na região de abrangência da Cooperativa a que mais predomina é a cultivar Sinuelo, com cerca de 49% das lavouras.

Quanto à soja, o sol registrado nos últimos colocou em dia o plantio que estava atrasado. Corazza enfatizou que cerca de 65% dos 155 mil hectares de soja, distribuídos entre as 12 Unidades e três postos de recebimento da Cooperativa, já foram cultivados e o auge do plantio se dará na segunda quinzena deste mês.

Segundo ele, "o zoneamento recomendado para o plantio da soja iniciou em 20 de outubro e vai até meados de dezembro”. Nos últimos cinco anos o ciclo vem encolhendo, passando a ser de, no máximo, 120 dias, por isso, a importância de se respeitar as épocas de plantio, tanto pela questão do zoneamento, quanto das características dos materiais. Corazza ressalta que a cultivar Ativa, que é plantada em mais de 50% de toda a área de abrangência da Cooperativa, é um material que além de ciclo curto, tem ciclo determinado, ou seja, por uma floração mais encurtada, em relação à outros materiais, e se o plantio for antecipando ou atrasando, vai prejudicar seu desenvolvimento.

O técnico salienta que é importante o produtor escalonar o plantio, e torcer para que as chuvas não sejam tão severas. Cristiano Corazza lembra que o sucesso da lavoura depende de uma boa semeadura e dessecação, bem como, seguir as recomendações técnicas.