Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Polícia 16/09/2020 13:31
Por: Redação

Polícia investiga as circunstâncias da morte de Jaurí dos Santos

A Delegada Graciela Foresti Chagas salientou que o laudo da necropsia e da perícia feita no local, serão fundamentais para apurar, por exemplo, se a vítima sofreu algum tipo de violência antes do atropelamento.

A Polícia Civil investiga as circunstâncias da morte de Jaurí dos Santos, 42 anos, ocorrida na noite de sábado (12) na estrada entre Taipinha e a cidade de Passa Sete. Num primeiro momento, a primeira versão é de que ele teria perdido o controle do carro e batido contra uma árvore. Ao sair do veículo teria sido atropelado. Falando nesta quarta-feira (16) ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM, a delegada responsável pelo caso, Graciela Foresti Chagas, disse que esta é uma das versões que estão sendo apuradas. Outra é a possibilidade de um atropelamento intencional.

Conforme ela, um homem – morador de Passa Sete – que diz amigo da vítima – se apresentou à Polícia afirmando ser o autor do atropelamento. A delegada disse, no entanto, que isso não encerra o caso, uma vez que outras situações precisam ser esclarecidas. Ela salientou que o laudo da necropsia e da perícia feita no local, serão fundamentais para apurar, por exemplo, se a vítima sofreu algum tipo de violência antes do atropelamento.

Graciela contou que o homem que procurou a Polícia alega não ter socorrido a vítima com medo de alguma represália, uma vez que Jaurí dos Santos, seria uma pessoa violenta. Conforme a Delegada, Jaurí tem passagens pela Polícia, e já foi investigado por suspeita de homicídio. O autor do atropelamento não tem antecedentes criminais.