Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 05/12/2019 14:15
Por: Redação

Armando Mayerhofer esclarece opção por reajuste de 60% no vale-alimentação dos funcionários municipais

Hoje o vale é de 250 e com o aumento passará para 400 reais.

O vice-prefeito e secretário municipal de Finanças de Sobradinho esclareceu nesta quinta-feira (05) que a opção de conceder um reajuste de 60% no vale-alimentação é uma forma de garantir um ganho real aos servidores municipais sem comprometer as contas da prefeitura. Hoje o vale é de 250 e com o aumento passará para 400 reais. Falando ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM, Armando Mayerhofer destacou que sobre o vale-alimentação não incidem os encargos trabalhistas. Por isso, tem um resultado prático melhor do que um reajuste salarial.

Além disso, ele disse que o comprometimento da receita com a folha de pessoal já está ultrapassando os 50%, o que inviabiliza um aumento real dos salários, enquanto que o vale-alimentação não conta para este índice. O secretário garantiu, no entanto, que no início do ano que vem haverá a correção anual obrigatório dos salários do funcionalismo pelo índice da inflação. O secretário explicou que o vale-alimentação não é concedido aos aposentados e pensionistas, nem aos contratados temporários, por força de lei. Ele negou que o aumento tenha caráter eleitoral, alegando que esta é uma política adotada desde o começo da atual administração.

Armando Mayerhofer acrescentou ainda que este benefício garante um ganho real para quem tem os menores salários. O gasto mensal com o Vale-alimentação é de 118 mil reais, e com o aumento passará para 186 mil. Um projeto de lei concedendo o aumento será encaminhado nos próximos dias para apreciação dos vereadores.