Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 14/04/2020 14:37
Por: Redação

Vacinação contra a aftosa foi prorrogada

Prorrogação vai até o dia 24 de abril.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, anunciou a prorrogação até o dia 24 de abril da etapa única de vacinação do rebanho gaúcho bovino e bubalino contra a febre aftosa. A vacinação estava prevista para terminar nesta terça-feira (14), atendendo ao cronograma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que pretende entregar à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em maio, a candidatura do Rio Grande do Sul à evolução de status sanitário para zona livre de febre aftosa sem vacinação.

De acordo com o secretário Covatti, a decisão de ampliar o prazo de vacinação foi adotada apenas para facilitar o procedimento aos pecuaristas durante a pandemia. O secretário garante que o Estado já ultrapassou os 30% de rebanho imunizado, o que corresponde a 3,8 milhões de cabeça, e que este é o índice exigido pelo Ministério para entregar os documentos necessários à mudança de status. O prazo para a apresentação de notas ficais de compra de vacinas contra a febre aftosa encerra dia 30 de abril. Para evitar aglomerações nas inspetorias locais e deter o avanço da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Sul, os produtores podem enviar os comprovantes de vacinação por e-mail ou WhatsApp.

O número de WhatsApp da inspetoria é o mesmo do telefone fixo. Em Sobradinho é 3742-1367. Em Sobradinho, na área de abrangência da Inspetoria Veterinária, serão quase 18 mil animais vacinados. Em Segredo, 4 mil e 900; Passa Sete 5 mil e 200, Lagoa Bonita Mil e 400, Ibarama 3 mil, e Sobradinho 3 mil e 400 animais. Em Arroio do Tigre, 8 mil e 900 animais receberão a dose da vacina contra a febre aftosa. Na região o número de cabeças de gado vacinadas deverá chegar próximo a 27 mil animais.