Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 12/12/2019 14:08
Por: Redação

Abertura Oficial da Colheita do Tabaco do RGS será nesta sexta-feira em Arroio do Tigre

Evento será na propriedade do casal Jeferson e Simone Stertz, em Linha Paleta, que plantou 70 mil pés de Burley.

  • Casal anfitrião. Foto: Fabrício Ceolin
  • Sistema de irrigação. Foto: Fabrício Ceolin

O município de Arroio do Tigre sedia nesta sexta-feira (13) a 3ª Edição da Abertura Oficial da Colheita do Tabaco do Rio Grande do Sul. Em 2017, a abertura da colheita foi realizada em Venâncio Aires, e em 2018, Canguçu, sediou o evento. A propriedade escolhida é a do casal Jeferson e Simone Stertz, em Linha Paleta, que plantou 70 mil pés de Burley. A safra deverá render em torno de 600 arrobas. Venâncio Aires e Canguçu têm grande tradição no cultivo de tabaco do tipo Virgínia. Já Arroio do Tigre, ocupa a 15ª posição entre os municípios brasileiros produtores de tabaco e a 9ª colocação no Rio Grande do Sul, destacando-se no cultivo da variedade Burley.

Tendo o tabaco como principal cultura agrícola, Arroio do Tigre tem 2.509 produtores que produziram 9.511 toneladas de tabaco na safra 2018/2019, cultivando 4.504 hectares. São 2.500 hectares fumo estufa e 2.100 hectares com Burley sendo o maior produtor da espécie do país. A reportagem das Rádios Sobradinho e Jacuí esteve nesta quarta-feira (11) na propriedade da família Stertz, onde neste sábado, a partir das 10 da manhã, autoridades locais e estaduais são esperadas para a solenidade que marca o início da colheita do produto cultivado por 75 mil produtores em 227 municípios gaúchos.

Na safra 2018/2019 foram produzidas 312 mil toneladas em 142 mil hectares, gerando R$ 2,9 bilhões de receita aos produtores do Estado. A família Stertz também investe em tecnologias, possuem uma máquina acoplada a um trator, que além de colher o tabaco, faz a gaipa e já armazena a planta em um carreto ou até mesmo deixa no chão, o que possibilita mais agilidade na colheita e economia na mão de obra. Devido à falta de chuvas, Jeferson instalou alguns pivôs de irrigação na lavoura de fumo. Sua esposa Simone destaca a importância das autoridades conhecerem a realidade dos produtores rurais, que dependem principalmente do clima para tirarem seu sustento da lavoura.

Nos 60 hectares da bonita propriedade, também há cultivo de aveia e trigo no inverno e de milho (após colheita do tabaco) e soja no verão. O evento, neste sábado deverá iniciar às 10 horas e deverá contar também com a presença do Governador Eduardo Leite. A 3ª Abertura Oficial da Colheita do Tabaco é uma promoção do governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural e com apoio do (SindiTabaco) e (Afubra). As Rádios Sobradinho AM e Jacuí FM estarão presentes, trazendo boletins informativos do evento com o repórter Fabricio Ceolin.