Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 07/12/2018 13:46
Por: redacao

Abertura oficial da Colheita do Tabaco ocorreu em Canguçu

Canguçu é um dos maiores produtores de tabaco do Brasil.

  • Fotos: divulgação

O município de Canguçu, no Sul do Rio Grande do Sul, sediou nesta quinta-feira (06) a abertura oficial da colheita do tabaco no Estado. O evento ocorreu na propriedade dos agricultores Renato e Patrícia Blank, no Distrito de Herval. No ano passado, a abertura oficial ocorreu em Venâncio Aires. Canguçu é um dos maiores produtores de tabaco do Brasil. Na safra 2017-2018, pelo menos cinco mil famílias produziram em torno de 9 mil e 900 hectares. As plantações somam cerca de 22 mil toneladas de tabaco e o faturamento é de 203 milhões 260 mil 163 reais.

O presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, destacou a qualidade do tabaco, um produto limpo. Embora reconheça que o tabaco está em decréscimo, sobretudo pelas ações antitabagistas, projeta continuidade da cultura e de uma maneira forte. O engenheiro agrônomo da Afubra, Marco Antonio Dornelles, destacou que são 150 mil produtores nos três estados do Sul. O vice-presidente da AmproTabaco, prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Harter, falou sobre as dificuldades enfrentadas pelo setor.

Para encerrar a abertura, o momento mais esperado pelos fumicultores e convidados presentes: a coheita simbólica do tabaco. Vestindo roupa adequada, as autoridades presentes, junto aos proprietários, deram o pontapé inicial para a colheita do tabaco no Rio Grande do Sul, cujo resultado final de safra é esperado como sendo positivo pelas as famílias fumicultoras.

A organização da Abertura Oficial da Colheita do Tabaco foi Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul, junto com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e Prefeitura de Canguçu, e reuniu mais de 350 pessoas, entre produtores de tabaco, autoridades e imprensa.