Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 20/05/2020 13:34
Por: Fabricio Ceolin

Câmara de Passa Sete rejeita projeto que reduziria salários dos vereadores e do prefeito

O Prefeito Bertino Rech ainda pode vetar ou sancionar o projeto.

O projeto de redução dos salários dos agentes políticos de Passa Sete foi rejeitado pela Câmara na sessão de segunda-feira (18). A proposta apresentada pela mesa diretora, diminuiria os vencomentos dos vereadores, secretários municipais e prefeito e vice. Os subsídios voltariam aos valores de 2016. Hoje os vereadores recebem 2 mil 339 reais.

Com a redução proposta, o valor cairia 2 mil e 100 reais. O Presidente da Câmara teria uma redução de 3 mil e 20 reais para 2 mil e 800 reais. O atual salário do prefeito é de 13 mil e 300 reais. Com a redução, o salário do chefe do Executivo seria de 12 mil reais. Os secretários municipais que hoje recebem quase 6 mil e 700 reais teriam redução para 6 mil. No próximo mandato, a economia aos cofres do município seria de quase 437 mil reais. Assim, os salários para o próximo ano, permanecerão os mesmos da legislatura em vigor hoje.

Votaram contra a redução Gerson Luiz Lopes, Flávio Batista da Silva, Rogério José Rech, Gilmar Luiz Morsch e Eloi Kipper. Votaram a favor da redução, Éder Batista, Cristiani Calheiro Jung e Sidinei Vieira. Vereadores que votaram a favor do projeto afirmaram que havia um acordo para aprovação dos novos valores  que não foi respeitado na hora da votação. O Prefeito Bertino Rech ainda pode vetar ou sancionar o projeto.