Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Polícia 13/01/2021 12:44
Por: Redação

Comandante do 23º BPM diz que o índice de criminalidade é baixo no Centro Serra

O furto de veículo está abaixo da média esperada, porém, o abigeato teve o índice em alta desde o início de 2020

O comandante do 23º BPM Tenente Coronel Giovani Paim Moresco, falou nesta quarta-feira (13), sobre as ações previstas pela Brigada Militar em 2021. O batalhão comanda a 5ª Companhia da Brigada Militar no Centro Serra. Em entrevista ao Programa Enfoque da rádio Sobradinho AM, ao destacar dados de Sobradinho, o Tenente Coronel ressaltou que entre os principais indicadores que a Brigada Militar orienta combater, está o roubo a pedestre, roubo a residência e roubo à veículo. Para ele, Sobradinho teve média aceitável destes crimes. Houve ainda dois homicídios dolosos, mas o Tenente Coronel avaliou que também está abaixo dos últimos índices. Apesar disso, outras condutas serão adotadas pela Brigada Militar para prevenir os homicídios.

O furto de veículo está abaixo da média esperada, porém, o abigeato teve o índice em alta desde o início de 2020. A projeção da Brigada Militar era de que acontecessem 10 furtos, porém foram registrados 24. Segundo o Tenente Coronel, esse tipo de furto envolve outras circunstâncias. Por isso, mais ações conjuntas com a Vigilância Sanitária e Inspetoria Veterinária do Estado deverão ser feitas, para que se tenha condições de baixar os índices de Abigeato.  Moresco lembrou do importante trabalho das Patrulhas Comunitárias do Interior – as PCIs –, que aproximam os moradores do meio rural à Brigada Militar. Conforme ele, os moradores colaboram no fortalecimento das estratégias de combate aos crimes no interior, trazendo informações essenciais para prevenção de crimes.

Atualmente no Centro Serra são duas patrulhas que atendem os municípios, cujas localidades do interior estão mapeadas. Na região, as patrulhas do 23º BPM fizeram no ano passado 2.758 visitas em estabelecimentos comerciais no interior e 1.652 visitas em propriedades. Quanto ao efetivo regional, o Tenente Coronel lembrou que quatro novos soldados vindos do último curso de formação foram designados para trabalhar no Centro Serra. Um novo curso de soldados deverá iniciar agora no mês de março em Rio Pardo, e a expectativa, segundo o comandante, é de que a região possa receber mais efetivo após a formação.

Para compensar a falta de efetivo, é feito um planejamento, sendo aplicadas ações de inteligência policial com análise de dados estatísticos para a prevenção aos crimes. Moresco afirmou que os números mostram que o índice de criminalidade é baixo no Centro Serra. Lembrou ainda sobre a evolução em termos de materiais de trabalho, citando o exemplo dos armamentos pesados como fuzis, que estão disponíveis nos pelotões da região. O comandante do 23º BPM – Tenente Coronel Giovani Paim Moresco destacou ainda que a Brigada Militar está sempre à disposição para servir a comunidade.