Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 21/04/2021 10:41
Por: Redação

FETAG-RS denuncia grave violação aos agricultores sobre créditos consignados sem consentimento

A FETAG-RS está fazendo uma ampla investigação e já oficializou uma denúncia sobre os temas para o presidente do INSS

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul – FETAG-RS denuncia grave violação ao direito de bem-estar de aposentados e pensionistas rurais em relação a depósitos efetuados em suas contas relativos a créditos consignados, sem a devida autorização.

 

Inúmeros casos relatados no Estado pelos agricultores trazem à tona um problema antigo que vem se agravando. Entidades financeiras estão costumeiramente incorporando créditos consignados nos benefícios previdenciários sem a autorização do beneficiário, gerando dívidas indevidas e juros altíssimos, muitas vezes superiores a 100% ao ano. Quando este cidadão identifica o crime necessita ir em busca da reversão do problema junto a financeira, gerando insegurança e transtornos de toda ordem aos aposentados/as e pensionistas.

 

Esta situação se agravou quando a FETAG-RS e os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais identificaram que os dados cadastrais, em especial o e-mail dos segurados especiais, estão sendo alterados dentro do portal “Meu INSS”, que está sob responsabilidade do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS. A alteração dos dados dos agricultores tem como consequência o envio de informações sigilosas para outros destinatários, a exemplo de quando um segurado tem seu benefício concedido.

 

Os dois fatos estão atrelados ao oferecimento de crédito consignado indevido. Esta descoberta, que possui provas contundentes, gera profunda indignação e revolta, pois as atitudes realizadas pelas financeiras e a falta de segurança em relação aos dados dos segurados especiais, ou até mesmo má fé, são inaceitáveis.

 

A FETAG-RS está fazendo uma ampla investigação e já oficializou uma denúncia sobre os temas para o presidente do INSS, Leonardo José Rolim Guimarães. E ainda alerta os(as) agricultores(as) para que fiquem atentos, verificando todos os meses seus extratos bancários e, quando identificarem alguma ação indevida, que procurem com urgência o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de seu município.