Militares trabalharam na montagem da ponte. Foto Divulgação
Militares trabalharam na montagem da ponte. Foto: Divulgação

Ponte móvel na RSC-287 está em fase de testes

O 3º Batalhão de Engenharia de Combate de Cachoeira do Sul terminou a montagem da ponte de ferro que vai restituir a ligação entre Novo Cabrais e Candelária pelo quilômetro 153 na RSC-287, apesar da chuva desta quarta-feira (15). Os militares concluíram o trabalho no final da tarde, mas o trânsito deve ser liberado apenas nesta sexta-feira (17) pela manhã. Com tráfego interrompido desde o fim do mês passado, a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) passará a trabalhar nas galerias que apresentam problemas. Nesta quinta-feira (16) está sendo feito o asfaltamento dos trechos junto às margens do arroio que cruza pelo local para que os militares coloquem as rampas de acesso à ponte. Serão instaladas placas indicativas na rodovia em uma distância que começará a 2 quilômetros da ponte. A pista receberá pintura de orientação e será instalado um semáforo que controlará o fluxo. Além dos militares, funcionários da EGR também devem ser mantidos no local para controlar o trânsito de veículos. A construção da ponte definitiva, que deve acontecer em paralelo à ponte provisória, continua sem prazo para começar. A EGR informou que até o final da semana uma empresa deve ser contratada em caráter emergencial para executar a obra, a qual deve levar, no mínimo, 90 dias para ser concluída. No entanto, o projeto da ponte ainda não foi entregue. Caminhões e demais veículos pesados não poderão utilizar a ligação móvel. A alternativa é o desvio pelo Corredor dos Renner ou continuar desviando por Pantano Grande e Cachoeira do Sul, pelas BRs 471, 290 e 153.

Sem Comentários
Famrácias Associadas

Relacionado por